A recapitalização do sistema financeiro espanhol

O secretário Costa Pina veio no fim-de-semana continuar a guerrilha com os bancos ameaçando com aumentos de capital forçados se não fosse a bem. Não me parece que lá vá com palavras mas a demonstração de intenção, por mim, devia ser levada a sério. De facto, Sócrates e Teixeira dos Santos estão a fazer a última coisa que gostariam, a saber antagonizar os bancos. Mas não têm alternativa, os bancos terão que aumentar capital  quer Ulrich queira quer não.

Penso ser instrutivo um breve voo sobre o que esta a acontecer em Espanha pois a meu ver, o  que estará na cabeça(?) do secretário Costa Pina mais não será do que a imitação com dois anos de atraso desse modelo.

Em Junho de 2009, o Governo de Espanha fez aprovar o FROB- Fondo de Reestructuración Ordenada Bancaria. Este fundo público, Presidido por Javier Ariztegui, Vice-Governador do Banco de Espanha,  foi dotado com € 99 mil milhões para acorrer a qualquer eventualidade bancária. A sua intervenção mais visível foi no assumir de controlo da CajaSur e, até agora, o fundo apenas usou cerca de € 15 mil milhões em diversas intervenções. Entretanto o FROB emitiu recentemente  obrigações nos mercados internacionais com rating AAA e tem sido um elemento essencial no reganhar de confiança da banca internacional sobre Espanha.

O segundo elemento chave da recapitalização foi a aprovação no mês passado do Real Decreto sobre a reestruturação do sistema financeiro espanhol. Como elemento central está a imposição,  que entra amanhã, 10 de Março em vigor, segundo a qual entidades não cotadas ou que não cumpram certos ratios terão que ter “core capital” de 10% , mas sempre com um mínimo de 8 %.

As condições impostas por esta lei são tais que as Cajas que já se tinham fusionado furiosamente – passando de cerca de  45 para  15 – estão praticamente todas a preparar a sua cotação em Bolsa – sendo as lideradas pela La Caixa e Caja Madrid gigantes domésticos comparáveis ao Santander e BBVA. Fusões adicionais são altamente prováveis com a absorção de entidades mais débeis. Em Espanha por maiores que sejam os problemas está claro que não haverá insolvências.

Nas próximas semanas ficará a saber-se  qual a extensão dos aumentos de capital necessários, sendo que alguns bancos – como Pastor, ou Cajas – como a NovaCaixaGalicia, provavelmente necessitarão do FROB. De todas as formas, o Governo espanhol declarou não necessitar de mais de € 20 mil milhões do FROB para este fim e tudo indica que capitais privados suprirão o resto.

Em resumo, a recapitalização do sistema financeiro espanhol poderá necessitar de cerca de € 35 mil milhões de fundos públicos no total, sendo que a futura privatização desses activos nacionalizados suprirá largamente esta aplicação de recursos. Assim sendo, um problemão complicadíssimo foi mais uma vez gerido com maestria pelo Banco de Espanha.

Fica, assim, claro porque é que os mercados acalmaram em relação a Espanha. Para além das medidas macroeconómicas foi tratado o problema mais bicudo – a saúde das Cajas. A não ser que a recapitalização em curso se revele insuficiente – por exemplo como aconteceu na Irlanda por bancos entrarem em dificuldade pouco depois da recapitalização – a minha avaliação é que Espanha passou o Rubicão.

Em comparação, veja-se o que, nestes mesmos dois anos, nas Finanças de Portugal  a dupla maravilha  Teixeira dos Santos e Costa Pina fez. Nada.

 

Anúncios
Galeria | Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a A recapitalização do sistema financeiro espanhol

  1. Carlos Cardoso diz:

    É ofensivo dizer-se que esta “dupla maravilha” não fez nada.Fez e muitíssimo…carradas de asneiras!Irresponsabilidade ilimitada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s